Recados do poeta

Olá, meus amigos.

Aqui, vou poder deixar alguns recados pra vocês, contar sobre o que tenho feito, visto, sentido, vivido...

Um grande abraço,

19 de janeiro 2010

Olá, meus amigos.

Ontem... quando corria no Parque do Ibirapuera, coisa que há tempos não fazia... me veio um poema novo... fazia já algum tempo também que a poesia não me vinha assim...

"Só queira o bem.
Não queira mal a ninguém.
Faça da sua vida
uma vida de alegria...
até que morra um dia...
em paz."

Beijos e abraços.

18 de janeiro 2010

Não há como não se entristecer com a tragédia no Haiti. É claro que todos os esforços devem ser envidados para ajudar à população que sofre com esse desastre provocado pela Humanidade, por todos nós, pelo nosso desrespeito a nós mesmos, à Natureza.

Mas o que de mais forte fica pra mim de tudo isso é o olhar, é o sorriso, é o tom de voz pacífico, é a Dra. Zilda Arns... Parece que pra não nos deixar esquecer que, se as coisas estão desmoronando por fora, é porque estão desmoronando por dentro de nós mesmos... É, como a guerra, se há guerra fora, é somente porque há guerra dentro... Apaziguar-se consigo mesmo, amar-se, estar em Deus, é o primeiro passo que qualquer ser humano pode dar pela Paz da Humanidade... E isso todos nós podemos começar a fazer desde já. Eu só vou poder amar o outro na medida em que eu me amar a mim mesmo... que essas duas coisas somente se fazem juntas...

Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo... É esse o único jeito de se salvar, de ser feliz.

Amém para todos nós.

02 de janeiro 2010

Meus amigos

Ainda estou na Bahia, começando o ano, este ano é de Oxalá, o "meu" Orixá... Que tenhamos a paz, que nos trazem suas vestes brancas, que tenhamos sua força, sabedoria e coragem... e que Ele nos dê um ano de muitas realizações, com amor, saúde, alegria e fé.

Deus nos abençoe a todos em 2010.

Beijos e abraços.