Recados do poeta

Olá, meus amigos.

Aqui, vou poder deixar alguns recados pra vocês, contar sobre o que tenho feito, visto, sentido, vivido...

Um grande abraço,

09 de setembro 2010

As quatro estações

Como assim
“por que não voltei pra você”?

Nosso amor foi de verão.
Ainda é inverno;
o outono já passou,
mas a primavera,
pelo que me lembro,
é só em setembro.

Ainda não é tempo de flores.

Le quattro stagioni

Come
"perché non sono tornato da te"?

Il nostro amore è nato d'estate.

Ancora è inverno;
l'autunno è già passato,
ma la primavera,
per quanto ricordo,
è solo a settembre.

Non è ancora tempo di fiori.

http://www.liberodiscrivere.it/biblio/scheda.asp?OpereID=159648

Eu adoro primavera... Um dos poemas que mais amo, da Adélia Prado, diz assim: "Ninguém me demoverá do que de repente soube, às margens dos edifícios da razão, a Misericórdia está intacta, vagalhões de cobiça, punhos fechados, altissonantes iras, nada impede ouro de corolas e acreditai: perfumes... só porque é setembro." Eu amo esse poema e pra mim haver primavera é como haver Misericórdia divina... o coração da gente se renova de alegria e esperança com as flores que reaparecem...

Que venham as flores...

Beijos...